Portal Estilo Mulher

Confira todas as noticias do mundo feminino, saúde e beleza aqui no Portal Estilo Mulher!

Cliníca Geral

Dra. Ludimila Miranda é Clinica Geral.

Formou-se em medicina pela Universidade Federal Fluminense. Tem residência em clínica médica pelo Hospital Municipal Salgado Filho e Pós Graduação em Medicina do Exercício e do Esporte pela Universidade Veiga de Almeida.

No Rio de Janeiro, atende no Instituto VitalFit, em Copacabana, nas áreas de Medicina do Exercício e no exclusivo serviço de Medicina Postural.

A importância do exercício físico no emagrecimento

Em todo o tempo, a busca do nosso organismo é pelo equilíbrio energético. Ingestão e gastos precisam ser equivalentes para manter esse equilíbrio. 

Em nossa sociedade contemporânea, a abundância da oferta de alimentos nos afeta negativamente tanto ou mais do que a escassez de alimento do passado nos afetou como humanidade.

Como herança de séculos de escassez, o nosso corpo é programado para se prevenir de baixas energéticas através de diversos mecanismos. O principal deles é que tudo que  ingerimos em excesso, acima das necessidade energéticas do organismo em determinado momento, é armazenado em forma de gordura.  Como hoje em dia temos fácil acesso à alimentos e cada vez mais processados e calóricos, a balança de gastos energetico e reposição/armazenamento acaba sempre pesando mais pro armazenamento = excesso de gordura. 

Esse fenômeno precisa ser combatido em duas frentes: Combater o hábito da ingestão de grandes quantidades de alimentos hiper processados e hipercalóricos  (DIMINUIR A INGESTÃO) e aumentas o gasto energético do nosso organismo (AUMENTAR O GASTO CALÓRICO). 

A equação é simples e complicada ao mesmo tempo. O organismo nunca para de buscar o equilíbrio e por isso, algumas vezes a baixa ingesta calórica leva a uma diminuição também da taxa metabólica basal ( como uma preparação para uma escassez de alimento - herança evolutiva) e que atrapalharia o processo de emagrecimento.  

Dessa forma, os profissionais da área de saúde, exercício e emagrecimento lançam mão de diversas estratégias dietéticas e de exercícios e atividades físicas para conseguir desequilibrar a balança para o lado desejado ( do emagrecimento) . 

Cada pessoa funciona em um certo ritmo e uma estratégia que foi bem sucedida pra um pode não surtir efeito algum para outro. Alguns conseguem resultados fazendo apenas dieta enquanto outros precisam de mais tempo e estratégias mais elaboradas. 

Um ponto muito importante também são os fatores sociais e comportamentais. A associação da comida com momentos de prazer, convívio social e recompensa. Os alimentos pré prontos, industrializados e processados que são altamente calóricos e pouco nutritivos. O ritmo acelerado do dia a dia. Tudo isso dificulta a manutenção de hábitos de vida saudáveis em geral. 

Procurar orientação e auxílio profissional é o primeiro passo para garantir um emagrecimento saudável e resultados duradouros