Portal Estilo Mulher

Confira todas as noticias do mundo feminino, saúde e beleza aqui no Portal Estilo Mulher!

SELFIES AUMENTAM PROCURA POR RINOPLASTIA

Um estudo da Academia Americana de Cirurgiões Plásticos descobriu a real motivação dos seus pacientes que fizeram rinoplastia em 2017. O resultado foi que 55% dos procedimentos feitos naquele ano haviam sido motivados pelo desejo de sair melhor em selfies. Mas não é só para ficar bem na foto. A cirurgia é realizada também para harmonizar o rosto ou por questões de saúde. No entanto, antes de se submeter a técnica, é necessário avaliar os riscos. O cirurgião plástico João Paulo Figueiredo, Membro Especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e proprietário da Clínica Marie- Medicina & Spa, na Barra da tijuca,  diz que se não forem tomados os devidos cuidados, o resultado pode ser desastroso.

"Esse é um tipo de procedimento complicado. É preciso ter o máximo de cuidado ao mexer no rosto de alguém. Os pacientes normalmente passam por uma psicóloga no pré-operatório. E se o resultado não for o que eles esperam, a cirurgia que seria um benefício, pode ter um impacto muito grande principalmente na autoestima. Além de ser uma cirurgia arriscada, a rinoplastia não vem sendo executada de maneira correta e por isso é a cirurgia que mais possui casos de re-operação", pondera o médico.


Abaixo, o cirurgião responde algumas perguntas sobre o procedimento.

 .Quando é recomendada a rinoplastia?

João Paulo Figueiredo – Eu sempre peço ao paciente que responda três perguntas:

1ª- Eu quero operar o nariz? Muitos pacientes se empenham em operar por forças externas, sem mesmo nunca ter pensado em operar o nariz. Exemplo, pessoas públicas, celebridades que tem suas imagens comentadas nas mídias sociais.

2ª-Eu posso operar? Esse paciente está em condições ideais para realizar este tipo de cirurgia, como pele, doenças associadas ou uso de medicações?

3ª-Eu devo operar? Esse nariz respira bem? Existem apresentações anômalas do nariz que condizem a necessidade de cirurgia?

O paciente deve responder essas perguntas para ter condições de operar.

.O que o senhor acha do modismo de operar para ficar bonita nas redes sociais?

João Paulo Figueiredo – O ‘selfie, popularmente falado, de fato aumenta as estruturas centrais da face devido ao não respeito de algumas distâncias exigidas, da câmera, em prol da não distorção da imagem fazendo com que muitas pessoas tenham uma impressão errônea de seu formato facial. Por conta disso, o nariz se torna alvo de desejos cirúrgicos. Vejo que é uma tendência cultural e irreversível devido ao avanço da tecnologia. O ‘selfie’ dificilmente irá acabar. Mostrar fotos não distorcidas ao paciente é fundamental para a decisão. Se mesmo assim for positiva a necessidade, devemos respeitar sua queixa.

 

.Como é feita a cirurgia de rinoplastia?

João Paulo Figueiredo – Após a exposição e visualização, há intervenções variadas sobre as estruturas, como retiradas parciais ou remodelamentos das cartilagens, raspagem dos ossos e osteotomia (espécie de corte/fratura nos ossos laterais), retiradas ou reposicionamento das asas nasais, entre outros, variando caso a caso.São corrigidos eventuais desvios de septo ou excessos das conchas nasais e, em alguns casos, colocados enxertos de cartilagem.

É uma cirurgia curta, com duração de 2 a 3 horas.

 

.Posso escolher a forma do meu futuro nariz?     

 João Paulo Figueiredo – O resultado esperado da cirurgia dependerá de um exame minucioso do cirurgião, observando o que é melhor para o caso, tanto estético como funcionalmente. Esse possível resultado evidentemente

deve ser discutido previamente com o paciente.

 

.A cirurgia irá interferir na respiração?

João Paulo Figueiredo – Uma das indicações da rinoplastia é melhorar a respiração do paciente. No pós-operatório imediato, o edema interno das narinas pode dificultar um pouco a respiração.

Muitas vezes é feita a correção de desvios de septo nasal o que irá melhorar a respiração.

 

.Quais os cuidados no pós-operatório?

João Paulo Figueiredo – Nos primeiros dias é recomendável que se evite o sol e baixas temperaturas.

O curativo externo deve ser trocado sempre que necessário e o gesso ou o imobilizador na devem ser manuseados. Não usar óculos e seguir a prescrição médica.

 

.Quando posso voltar a pegar sol?

João Paulo Figueiredo – Se tudo correu bem, o paciente pode andar ao ar livre após três a cinco dias, expondo-se ao sol por curtos períodos de tempo. Em muitos casos o cirurgião recomenda cremes protetores.

Exposição prolongada ao sol como na paria ou piscina, somente são liberadas após três a quatro meses.

 

.Os resultados da rinoplastia serão definitivos?

João Paulo Figueiredo – Sim, mas vale ressaltar que alterações da face como um todo ocorrerão, até por conta do passar dos anos, com o envelhecimento da pele e das estruturas subjacentes.

 

Serviço:

Clínica Marie – Medicina & SPA

Endereço: Avenida das Américas, 8585 – grupo 411 – Vogue Square Experience – Barra da Tijuca

Telefone: (21) 3586-6591 / (21) 98795-1564

www.drjoaopaulofigueiredo.com