Portal Estilo Mulher

Confira todas as noticias do mundo feminino, saúde e beleza aqui no Portal Estilo Mulher!

CARNE VERMELHA x HIPERTENSÃO

Há uma relação direta entre o estilo de vida do indivíduo com os fatores de risco para a Hipertensão Arterial Sistêmica.

Sabe-se que o consumo de enlatados (dietas industrializadas) ricas em sódio, carboidratos e colesterol, lanches de fast-food e salgados têm aumentado na mesma proporção estes alimentos, são fatores de risco não só para a Hipertensão Arterial bem como para a obesidade e para o diabetes. A inatividade física, somado a hábitos alimentares inadequados, contribuem em larga escala para a elevação da pressão arterial.

Uma refeição ideal deve conter todos os grupos de alimentos. O sódio presente no sal de cozinha, é um grande vilão para quem sofre de hipertensão.

A carne vermelha contém mais gorduras saturadas que a carne branca; assim, seu consumo também não deve ser exagerado. Essas gorduras saturadas aumentam a liberação de substâncias vasoconstritoras no sangue, o que pode resultar em aumento da pressão arterial.

Não é necessário eliminar completamente a carne no cardápio para prevenir ou controlar a hipertensão, mas é recomendável optar por carnes mais magras, como peixes, frango e cortes magros de carne vermelha, como filé mignon e músculo.

Um estudo Norte Americano recentemente apresentado, indica que o consumo em excesso da carne vermelha é apontado como vilão da saúde cardiovascular, afinal o alimento é famoso por ser fonte de gorduras e colesterol. Este estudo indica que a carnitina, presente nas carnes vermelhas é apontada como um dos fatores de causa do endurecimento e entupimento das artérias, processo conhecido como aterosclerose, e que é fator de risco para doenças do coração. O estudo foi divulgado no periódico Nature Medicine no dia 8 de abril.

Um estilo de vida saudável é primordial para a manutenção da saúde cardio vascular.

O Ministério da Saúde estima que 31,5% das mortes no Brasil são provocados por doenças cardiovasculares, tornando-se a primeira causa de morte entre a população.

A carne vermelha pode ser consumida pelo hipertenso, em uma dieta variada e equilibrada. A carne usada deverá ser carne magra, sem a gordura e moderadamente salgada,

No plano alimentar, existem estratégias para reduzir a hipertensão com alimentos ricos em potássio, em cálcio e magnésio. Como os laticínios desnatados, legumes, verduras e frutas.

Se você é hipertenso procure orientação de um nutricionista ele ajudará no desenvolvimento de uma estratégia individualizada para o tratamento da sua hipertensão modulando sua alimentação a suas necessidades.